---

Publicada na Revista Amiga - Reportagem Dora Mendonça

O perigo das dietas de emagrecimento rápido

A agilidade prometida por algumas dietas pode transformar um emagrecimento rápido em motivo de dor de cabeça e decepção. Quem avisa é o endocrinologista Jorge Bastos Garcia. Ele diz que os programas alimentares que prometem fazer as pessoas perderem mais de 4 quilos por mês são uma enganação: "Isto é geneticamente impossível. Não acreditem nesta besteira de spas e dietas de TV".
   Segundo o médico, a reeducação alimentar é o melhor caminho para se alcançar a boa forma definitivamente. A dieta proposta por ele é composta por 40% de carboidratos, 30% de gordura e 30% de proteína, centralizando a maioria dos regimes que prega a ingestão de 70% de carboidratos (que inclui frutas, verduras e legumes), 15% de gordura e 15% de proteína. Segundo ele, a antiga fórmula já está completamente ultrapassada e somente serve para que o paciente perca a massa magra (água) e não gordura.
   "O paciente não precisa passar fome, nem tomar laxantes e chás com efeito diurético. Isto somente faz com que a água do organismo vá embora e a gordura fique, resultando no famoso efeito ioiô ou sanfona (engorda e emagrece). Pode-se comer absolutamente tudo, sem restrições, inclusive frituras e doces. Mas é preciso moderação, autocontrole e, acima de tudo, disciplina. O endocrinologista garante que os resultados são lentos - a pessoa perde de 750g a 1 kg por semana - porém definitivos.
1- Exames médicos e checagem do histórico familiar são realizados e analisados.

2- O cliente é pesado e submetido a uma análise com o aparelho de bioimpedância, que mede o percentual de gordura e massa magra (água, músculos e vísceras).

3- A dieta é realizada com base em uma listagem de quatro mil alimentos, com os respectivos valores calóricos, protéicos e modo de preparo, instalada na Internet e à disposição de todos os clientes.

4- 8 refeições são realizadas diariamente: desjejum, café da manhã, lanche, almoço, lanche, jantar, ceia e ceia antes de deitar.

5- A quantidade de alimentos a ser ingerida ficará a critério do próprio cliente, contudo com o acompanhamento médico.

6- Fazer uma atividade física é fundamental. Recomenda-se caminhar.

7- A relação de alimentos está disponível na Internet, no endereço http://www.jorgebastosgarcia.com.br


[ Voltar à PÁGINA DA REVISTA VIRTUAL ]

Página criada em 14-out-1996 - Atualizada em

Copyright © NetService 1996
Rio de Janeiro - Brasil